PLPintoNews  

Como Cuidar das Plantas de Aquário de Água Doce

 
 

Com folhagem exuberante e tons verdes vibrantes, as plantas podem ser uma contribuição fabulosa para o seu aquário de água doce. Plantas de aquário de água doce dão uma bela vista à sua casa e fornecem vários benefícios para os seus peixes.

As plantas vivas removerão os nitratos da água, melhorando a qualidade da água e reduzindo o crescimento das algas. Eles também aumentam os níveis de oxigênio no aquário e fornecem aos peixes locais adequados para se esconderem. Cultivar plantas de água doce em seu aquário é um passatempo divertido e fácil, que irá deliciar tanto você quanto seus peixes.

Neste artigo pode ler:
Benefícios das plantas de aquário
Escolha as plantas de aquário certas
Como plantar as plantas aquáticas
Forneça a luz certa às suas plantas aquáticas
Use as técnicas certas para a redução de algas
Produtos e Artigos que nós Recomendamos

xxxxxxxxxxxxxx

Além da estética, as plantas ajudam a estabelecer um ecossistema natural. Eles produzem oxigênio enquanto absorvem dióxido de carbono e nitratos, ajudando a manter seu aquário limpo e saudável. Além disso, os peixes apreciam o amplo abrigo que elas fornecem.

Mas as plantas, como todas as coisas vivas, requerem cuidados. Mas enquanto algumas plantas podem exigir um maior grau de conhecimento do seu cuidador, existem inúmeras espécies de plantas que são ótimas para o aquarista iniciante. Você pode perguntar na loja onde você encomendar suas plantas quais são as mais resistentes e as mais adequadas ao seu aquário.

Cuidar do seu aquário plantado, quando maduro é tanto uma arte quanto uma ciência. Com a técnica certa e um olhar criativo, você também pode aproveitar as recompensas de um jardim aquático lindamente esculpido.

Num aquário bem tratado e com um exuberante manto de plantas bem cuidadas elas podem ser tanto ou mais bonitas ainda que os seus peixes.

Benefícios das plantas de aquário

Plantas aquáticas trazem muitos benefícios para o seu aquário. Além de terem um impacto visual impressionante, as plantas aquáticas arejam a água, removem as impurezas e criam um ambiente saudável para os peixes se desenvolverem. Você também perceberá que, se cuidar bem das plantas, as algas raramente são um problema.

As plantas fornecem abrigo e segurança para os peixesCom plantas vivas em seu aquário não só o torna mais atraente, mas também muito mais saudável para todos os habitantes do seu aquário. As plantas vivas fornecem aos seus peixes uma fonte natural de alimento e segurança com a capacidade de crescerem e se restabelecerem.

De longe, o maior benefício que as plantas vivas fornecem para o seu aquário é que elas produzem oxigênio e absorvem o dióxido de carbono e a amônia que os peixes geram com os seus excrementos. Adicionar plantas vivas em seu aquário ajuda a criar um ecossistema natural em miniatura, e pode ser uma das maneiras mais benéficas para manter os seus peixes saudáveis.

As plantas fornecem abrigo e segurança para os peixes. E como elas competem com algas pelos nutrientes, elas podem ajudar a reduzir substancialmente o crescimento de algas. As plantas vivas melhoram a aparência de qualquer aquário de água doce e proporcionam um ambiente muito mais natural para os peixes e um visual muito mais bonito para si e seus visitantes.

Ao melhorar a qualidade da água e reduzir o estresse dos peixes, permitindo zonas de conforto, as plantas vivas são uma ótima maneira de melhorar a saúde de seus peixes. A adição de plantas vivas, no entanto, não reduz a necessidade de mudanças de água regularmente para manter o equilíbrio dos nutrientes nos níveis corretos.

Ao selecionar plantas vivas, certifique-se de selecionar espécies que sejam verdadeiras espécies aquáticas e que sejam adequadas para seu tipo específico de água e espécies de peixes que já tem ou pensa adquirir para o seu aquário.

Ao adicionar pela primeira vez plantas vivas em seu aquário, é aconselhável escolher plantas resistentes que aguentem bem algumas alterações da água. À medida que você ganha mais confiança e experiência, e que o seu aquário vai ganhando estabilidade, pode começar então a incluir algumas espécies de plantas mais sensíveis.

Escolha as plantas de aquário certas

Cuidar de suas plantas começa com a escolha daqueles que são adequadas para o seu aquário. Certifique-se de que as plantas escolhidas sejam realmente plantas subaquáticas, o que significa que elas podem sobreviver completamente submersas na água.

Tenha também em mente que a maioria das plantas prefere um nível de pH de 7 a 7,2 (embora algumas prefiram um ambiente mais alcalino ou ácido). Além disso, certifique-se de verificar a compatibilidade de cada planta com seu estado de água e seus peixes. Alguns peixes desenterram ou até comem certas plantas!

Se você quiser um aquário bem plantado, com aparência natural, deve adicionar diversas espécies de plantas para o efeito visual ser exuberante e bonito.

Embora a maneira como planta as plantas em primeiro e segundo plano ajudem a definir sua composição, não coloque apenas plantas altas ao fundo e curtas na frente. Colocar algumas plantas mais curtas ao fundo ajuda a criar a ilusão de profundidade, como uma árvore vista à distância.

Não esqueça as plantas aquáticas vermelhas! Um respingo ousado de plantas vermelhas contra variados tons de plantas verdes claras e verdes escuras cria um foco visual dramático. As plantas vermelhas são ótimas opções para dar um visual mais colorido ao seu aquário.

Apresentando vários tons de verde e vermelho, bem como uma abundância de formas e tamanhos, existem inúmeras oportunidades para criar um mundo subaquático estético vivo, dentro do qual os peixes e os outros habitantes do aquário prosperam melhor. As plantas de aquário formam a base para refletir a criatividade de uma pessoa no aquário de água doce, ao mesmo tempo em que oferecem uma oportunidade fascinante para criar uma perspectiva de equilíbrio e profundidade natural.

Como plantar as plantas aquáticas

Como plantar as plantas aquáticasAo plantar plantas aquáticas, existem vários pontos importantes que deve considerar:

Ao incorporar grupos de plantas em sua decoração selecione algumas espécies com uma quantidade substancial de cada, em oposição a muitas espécies diferentes e quantidades menores de cada uma.

Posicione as plantas em posições apropriadas em relação às espécies. Por norma plante as plantas mais altas na traseira e as mais curtas à frente, mas faça alguma alternância também para dar um visual mais diversificado. Leve em consideração os requisitos de iluminação ao escolher os locais para as suas plantas. Por exemplo, plantas que preferem baixa intensidade de luz podem ser plantadas à sombra de plantas altas.

Sempre remova os dispositivos usados para agrupar as plantas quando as compra. As plantas podem ser plantadas aos montes ou individualmente e devem ter apenas 1 a 2 centímetros de fundo do caule plantado, e quaisquer folhas danificadas ou mortas devem ser removidas antes da colocação.

O plantio de plantas de aquário de água doce deve permitir um pequeno espaço entre grupos de plantas de espécies diferentes. Nunca enterre a coroa de uma planta. Exponha a coroa e evite cascalho entre as hastes. E lembre-se que as plantas crescem! Esteja ciente de seu tamanho máximo e pense no sitio onde as colocar tendo em consideração esse aspeto.

Forneça o substrato certo para o crescimento das plantas

Plantas de aquário precisam de substrato, material usado para cobrir o fundo do aquário, no qual ancorar suas raízes. As plantas podem crescer na maioria dos tipos de substrato, mas duas a três polegadas de terra argilosa própria para aquário coberta com alguns centímetros de cascalho é o ideal.

É possível usar apenas arreia grossa vendida para esse efeito como substrato de modo a tornar o aquário mais fácil de limpar, mas torna a fixação das plantas no princípio mais difícil. É possível manter suas plantas com poucas raízes nos potes em que foram vendidas de modo a fixa-las mais facilmente, no entanto, “plantar” suas plantas individualmente em substrato proporciona uma aparência mais natural e é mais propício ao desenvolvimento das raízes.

Forneça a luz certa às suas plantas aquáticas

Sem iluminação adequada, suas plantas não sobreviverão. As plantas precisam de luz para a fotossíntese, um processo no qual elas geram energia para o seu crescimento. Um benefício adicional da fotossíntese é que ela produz oxigênio para a vida aquática em seu aquário.

Forneça a luz certa às suas plantas aquáticas A fotossíntese produz oxigênio para os seus peixes e “limpa” a água de nutrientes nocivos. Mas isso só acontece se o seu aquário tiver a iluminação adequada e nas proporções corretas.

Iluminação fluorescente de espectro total (luz branca) é imprescindível. Como a luz é a fonte de energia, ela deve ser mantida por 10 a 12 horas diárias, e também deve ser uniformemente distribuída por todo o aquário, a menos que tenha agrupado alguns grupos mais sensíveis a luz forte.

Se estiver usando iluminação fluorescente, lembre-se de trocar as lâmpadas pelo menos a cada 12 meses, pois a intensidade delas vai diminuir. Se sua luz não emitir um espectro completo, suas plantas não prosperarão e o aquário começa a apresentar um aspecto amarelado e velho.

Dependendo da planta, 1 watts por cada 2 litros de água devem ser suficientes em aquários não muito fundos, tanques mais profundos e / ou plantas que requerem iluminação mais intensa pode ser preciso usar 1,5 a 2 watts por 2 litros de água.

Use as técnicas certas para a redução de algas

Como uma erva daninha de jardim, as algas competem com as plantas de aquário por luz e nutrientes. Existem várias soluções para eliminar as algas. Fórmulas baseadas em antibióticos ou substâncias químicas, matam as algas, mas podem ter efeitos adversos em suas plantas de aquário, pelo que não é a melhor maneira de lidar com o assunto.

Há uma variedade de vida aquática herbívora, como caracóis, que podem ajudar a manter suas algas sob controle. Você também pode remover fisicamente as algas usando um raspador de algas. Para melhores resultados, remova as algas semanalmente. E não se esqueça - a superalimentação dos seus peixes e o excesso ou escassez de luz pode causar o crescimento de algas.

Quando a luz é demasiada as algas por norma são verdes e compridas. Quando a luz é escassa as algas costumam ter um aspecto acastanhado.

Como na maioria dos problemas, a prevenção é mais fácil do que esperar e lidar com o problema quando ele se torna grave. Uma vez por semana, entre no tanque e agite suavemente suas plantas para desalojar detritos das suas folhas.

Se você notar algas começando a crescer, tente esfregar suavemente sem remover a planta do tanque. Se não sair, remova a planta e esfregue-a um pouco mais vigorosamente. As probabilidades são de que sairão sem quaisquer outras etapas necessárias. Não é difícil fazer isso e, resolvendo os problemas desde o início, suas plantas podem permanecer atraentes por muito tempo.

Plantas vivas não são tão simples de limpar como plantas de plástico ou seda porque podem ser danificadas ou mortas no processo. No entanto, elas são da mesma maneira que as plantas artificiais.

Os detritos comuns devem ser simplesmente escovados ou muito suavemente esfregados, enquanto a planta permanece no seu lugar no aquário. Se houver um crescimento excessivo de algas, a planta pode ser removida e esfregada à mão. Em princípio, um esfregar suave irá remover as algas.

Se isso não acontecer, as plantas vivas podem ser branqueadas. Isso pode parecer extremo, mas as plantas com supercrescimento extremo de algas provavelmente morrerão de qualquer maneira, então uma lixívia aplicada por breves momentos pode valer a tentativa, ao invés de eliminar a planta completamente.

Evidentemente que quando faz esta limpeza de algas as deve também remover dos vidros e das pedras, que muito mais simples e impede a sua proliferação.

Use o fertilizante certo

Você pode melhorar o crescimento das plantas adicionando um fertilizante à base de ferro, seguro para peixes. Procure por fertilizantes especiais de liberação lenta que são colocados no fundo para ajudar no crescimento de plantas de aquário de água doce. Nunca use um fertilizante de fosfato ou qualquer fertilizante que não seja adequado para aquários de água doce, pois as algas prosperam nos fosfatos.

Nitrogênio, cálcio, magnésio, enxofre, potássio e fósforo (macronutrientes) são necessários em maiores quantidades. Ferro, zinco, cobalto, manganês e outros são necessários em quantidades menores (micronutrientes). Macronutrientes são geralmente produzidos pelo próprio aquário em abundância, mas os micronutrientes têm de ser adicionados ao longo do tempo, e são melhor colocados enterrados no substrato.

Mudanças de água de cerca de 20% a cada duas semanas reporão os macronutrientes. Você deve adicionar macronutrientes somente se tiver níveis indetectáveis durante um período prolongado, pois a maioria das plantas pode armazenar nutrientes para uso posterior.

Pratique as habilidades certas de poda

Certos tipos de plantas de aquário exigem poda, especialmente plantas de talo alto que crescerão para fora da superfície da água se não forem podadas. Quando isso acontece, eles podem bloquear a preciosa luz de outras plantas. Certifique-se também de remover folhas mortas e plantas mortas ou em mau estado de saúde também. A matéria em decomposição afetará fortemente a qualidade da água do seu aquário.

Outras coisas que você deve saber

Pedras de ar e bombas reduzirão os níveis de CO2 através de uma reação química. As plantas devem fornecer oxigênio suficiente para o seu aquário, eliminando a necessidade de uma fonte adicional de oxigênio, como uma bomba de ar.

aquario de agua doceA turbulência da superfície também irá esgotar o CO2, o que significa que nem todo tipo de filtro é mais adequado para um tanque plantado. As plantas por norma gostam de aguas mais paradas, embora alguns peixes gostem de água agitada. Como tudo é preciso encontrar o equilíbrio com a experiência.

Filtros por baixo do cascalho também não são recomendados, devido à dificuldade de limpeza e, mais importante, porque esses filtros oxigenarão o substrato. Isso tornará alguns nutrientes indisponíveis para as plantas, uma vez que eles conseguem absorver os nutrientes mais facilmente em condições livres de oxigênio.

Os filtros de fundo eram muito utilizados no princípio da aquariofilia, onde eram cobertos com cascalho fino e se obrigava a agua a atravessa-lo através de um difusões com uma bomba de ar ou, nos aquário maiores com uma bomba de agua, mas hoje em dia são totalmente desaconselhados.

Compare também os requisitos de temperatura entre seus peixes e plantas. 28º é bom para os peixes mas é geralmente quente para as plantas florescerem bem.

Mantenha o equilíbrio certo

Iluminação apropriada, substrato adequado e um nível de CO2 de 10-20 ppm devem ser suficientes para plantas florescerem bem. Se o crescimento das plantas não for adequado, ajustar um desses fatores pode fazer maravilhas pelo aspecto do seu aquário de agua doce.

As plantas requerem alguns cuidados, mas elas oferecem benefícios valiosos em seu aquário de água doce: melhor qualidade da água e um ambiente mais natural e abrigado para toda a sua vida aquática.

E claro, um aspecto bonito e natural, que é o que todos os aquariofilistas tentam conseguir nos seus aquários.

Escrito pelos Colaboradores de PLPintoNews
 
1- Nós Recomendamos:
     
     
     
     
 
 
 
» Sobre » Contatos » Condições
Nós promovemos ou sugerimos a venda de produtos e/ ou serviços. As nossas recomendações são sempre baseadas na nossa crença de que o produto oferece excelentes benefícios aos nossos leitores.
PLPintoNews - Mulher Portugues
PLPintoNews - Todos os direitos reservados.